fbpx

Unidade Piloto: Rua Sadaa K. Saad Aboujaoude, 130 – São José do Rio Preto / SP

(17) 3500-3510 | (17) 3222-5465

Image Alt
  /  blog   /  você conhece alguém que tem celulite porque quer

OligoFlora

você conhece alguém que tem celulite porque quer

você conhece alguém que tem celulite porque quer

A celulite é uma das principais queixas estéticas que afetam principalmente as mulheres. Sejam os furinhos na coxa ou no bumbum, é causadora de incômodo e até insegurança na hora de colocar o biquíni e tomar sol. E falando a verdade: você conhece alguém que tem celulite porque quer?

Pensando nisso, a OligoFlora organizou conteúdos para explicar mais sobre o assunto como: o que é, como surge, quais são os graus, o que diferencia da flacidez, além de dicas fáceis de como tratar esse desequilíbrio.
Aproveite!

O que é?

A lipodistrofia ginoide (LG), vulgarmente conhecida como celulite, é considerada por muitos um transtorno estético. Essa expressão foi introduzida pela literatura médica francesa há mais de 150 anos.

Em outras palavras, a celulite é uma disfunção metabólica localizada do tecido adiposo subcutâneo que altera o formato do corpo, levando a aparência da pele ficar com aspecto de “casca de laranja” ou “tipo-queijo cottage”.

Consideramos que a nossa limpeza de pele é muito mais do que um tratamento. O objetivo de utilizar a vitamina C combinada com o blend de ativos naturais se deve à sua propriedade antioxidante, que ajuda a reduzir os danos provocados pelos radicais livres no tecido cutâneo, além de promover efeito clareador.

Como surge?

Quando você pensar em organismo com celulite, vale lembrar que sempre há células de gorduras, fibras de colágeno e elastina e alteração do metabolismo do sistema tegumentar e, inclusive, do sistema circulatório, envolvidos no processo.

Para entender melhor, é preciso entender aonde ela acontece no corpo. Um dos principais sistemas do nosso organismo é conhecido como sistema tegumentar ou pele. Esse sistema é formado por:

Após o tratamento estético, é essencial aplicar cuidados na nossa rotina a fim de manter o resultado por um longo tempo. A alimentação deve ser ajustada com a redução de produtos ultraprocessados e ricos em açúcares e gorduras, pois esses alimentos favorecem a produção de sebo e o aumento da oleosidade, além de garantir o aporte de vitaminas e fitoativos antioxidantes através do maior consumo de frutas, legumes e verduras. É importante, também, aplicar produtos naturais na pele, regularmente, para potencializar os efeitos e, principalmente, não esquecer o protetor solar!

1) Anexos: pelos, unhas e glândulas sebáceas;

2) Epiderme: camada mais superficial;

3) Derme: camada intermediária;

4) Hipoderme: região mais profunda que “abriga” as células de gordura.

A celulite consiste justamente em uma alteração do metabolismo entre a derme e a hipoderme. Esse metabolismo pode ser alterado de diversas maneiras. Uma das alterações é: as células de gordura que estão abaixo da derme aumentam de tamanho e fazem uma pressão, empurrando todas as estruturas que estão acima delas – ou seja, a derme e a epiderme. Com isso, as fibras de colágeno e elastina, cumprindo seu trabalho, mantém a sustentação da pele e impedem que as ligações se rompam. Assim, elevações e depressões são formadas – daí o nódulo celulítico.

As causas da celulite

Entre as causas, é possível citar:

– aumento do tecido adiposo (células de gordura), provenientes de um estilo de vida com dieta e alimentação desbalanceadas;

– anomalias no sistema microvascular;

– retenção de líquidos intersticiais;

– fatores genéticos;

– fatores hormonais – estrogênio

Por que as mulheres são mais afetadas?

Porque está intimamente ligada com a estrutura do corpo feminino, mais especificamente, ao hormônio estrogênio. A ação hormonal é responsável pelo início do processo, bem como pela evolução e pelo agravamento da lipodistrofia – da celulite.

O estrógeno – ou estrogênio – é um hormônio cuja ação está relacionada com o controle da ovulação e o desenvolvimento das características femininas. Além disso, esse hormônio influencia as células adiposas (células de gordura) por meio de uma enzima que regula a quantidade de gordura na hipoderme.

Se você pensar em evolução, faz sentido afirmar que corpo feminino se adaptou para gerar descentes saudáveis. Engordar ou aumentar a reserva de energia de seu corpo é uma boa forma de preparar seu organismo para uma gestação saudável.  É por isso que as mulheres “engordam mais fácil” e são mais afetada pela celulite já que ela é fruto do aumento de gordura.

Graus da celulite

A celulite existe em vários estágios e a Escala de Numberger – Muller tem função de identificá-los.

Curiosidades sobre a celulite

– Estima-se que entre 85% e 95% das mulheres apresentem, após a puberdade, algum grau de LG;

– Pode-se localizar em qualquer área que contenha tecido adiposo;

– A condição de sobrepeso agrava a celulite;

– Não é considerada condição patológica, ou seja, celulite não é doença. É um desequilíbrio do organismo;

– Esteticamente, as depressões e relevos da pele incomodam e podem afetar a qualidade de vida;

– Macroscopicamente, é caracterizada por ondulações, visíveis espontaneamente ou sob pressão mecânica (“pinçamento” ou prega);

– Por ser um desequilíbrio no metabolismo da pele, a celulite pode ser agravada também pela retenção de líquidos.

Conclusão

Ninguém tem celulite porque quer. Ninguém escolhe ter celulite. Já o estilo de vida que se leva e a alimentação são frutos de escolha. Assim, vale a pena parar para refletir sobre o jeito que você anda cuidando do seu corpo e exercendo o amor próprio. Tem tempo de se cuidar? Qual a qualidade da comida que você tem ingerido? Como você aproveita seu tempo livre? Essas e outras são perguntas que você deve sempre se fazer para levar uma vida leve.

Lembrando: celulite não é doença. Se ela não te incomoda esteticamente, você não precisa ter a pele de revistas. No entanto, apesar de não ser doença, é uma disfunção do seu metabolismo. É um jeito do seu corpo dizer “tem alguma coisa errada comigo, estou desequilibrado, minhas funções não estão normais!”.

E, se você apresenta celulite, provavelmente também apresenta outros desequilíbrios e outras disfunções metabólicas que roubam sua qualidade de vida, sua saúde e seu bem-estar.

Aqui vai um conselho da OligoFlora para você: preste atenção no que seu corpo fala!

Fonte

– Departamento Técnico-Científico da OligoFlora.

– International Journal of Dermatology. Volume 50, Issue 4, pages 412–416. April 2011.

– Cellulite: Advances in treatment: Facts and controversies. Enzo Emanuele, MD Living Research s.a.s.. Via Monte Grappa 13, I-27038. Robbio (PV), Italy.

Encontre a unidade mais próxima de você e agende uma avaliação gratuita.